Tutorial Ilustrado: Como usar as wallets

Um Ideal, mais que tudo


Uma premissa básica nesse novo mundo das criptomoedas é que a partir de agora você pode ser seu próprio banco. Não depender de banqueiros (e de seus melhores amigos, os políticos) é um ideal pelo qual vale a pena dedicar-se. Essa é uma liberdade incrível, que há milênios a humanidade havia perdido e que, somente agora, está resgatando. Mas, como é natural da liberdade, ela vem acompanhada de responsabilidades. Responsabilidades sérias, pois significa que é você quem deve cuidar da segurança de seu patrimônio. É você quem deve ter o ímpeto de SABER o que é melhor para você, ao invés de simplesmente continuar delegando tais responsbilidades a terceiros.

As criptomoedas são criadas através de projetos de código aberto, organizados de forma P2P, Peer-to-Peer, de igual para igual, ou seja não existe um líder a ser seguido, cada um deve fazer sua parte, agindo mesmo que localmente para melhorar onde puder contribuir. E o somatório das contribuições individuais vai então promovendo os progressos e melhorias que beneficiam a todos.

O mínimo que cada usuário pode e deve fazer é ter curiosidade de aprender, pesquisar e conhecer. Para seu próprio bem, e para o bem de seu patrimônio. E esse cuidado mínimo, por si só, vai beneficiar a globalidade do projeto, pois o conhecimento espanta a desinformação, o trabalho vence as dificuldades.

E tenho notado que a maior dificuldade dos usuários novatos está em utilizar corretamente a tecnologia, seja por preguiça ou por despreparo, alguns preferem reclamar do que agir, culpar do que aprender. Lembre-se que aqui não tem um "funcionário do banco" para fingir que te ajuda: aqui, é você que se ajuda.

Aprender a utilizar apropriadamente as wallets e ferramentas disponíveis é o primeiro passo, imprescindível para que se possa seguir e evoluir nessa longa jornada em que todos estamos aprendendo algo novo todos os dias.

E o que você aprende, passe pra frente. Espalhe o bom conhecimento. Isso também é um mínimo que qualquer um pode fazer.

Os tutoriais abaixo servem apenas para dar uma noção introdutória do funcionamento das carteiras. Isso porque a tecnologia está em constante evolução, e o software está constantemente se adaptando à necessidades que vão surgindo. Os sistemas são atualizados com frequência, e os detalhes às vezes precisam ser mudados, e o são. Mas, dominando o básico, fica fácil evoluir junto com o sistema.

Antes de mais nada

Primeiramente, é necessário que você utilize sempre a mais recente versão da GUI wallet IOTA (atualmente é a v.2.5.4), pois é, a versão mais recente em uso, a que garantirá a segurança de suas moedas, e um acesso tranquilo ao Tangle.
Antes de fazer qualquer procedimento, é sempre importante controlar o estado em que se encontra seu node, e um dos principais indicadores no Tangle é saber se está sincronizado com o restante da rede. Portanto, convém comparar o status indicado no canto inferior esquerdo da GUI com aqueles atualizados constantemente no canal #botbox do slack IOTA, ou então comparar com um outro node que se saiba estar em sincronia.

Muitos usuários com dificuldades, e transações não confirmadas pecaram justamente ao não prestar atenção nesse importante primeiro passo. Lembre-se reclamar não resolve nada. Ação, de maneira coerente, é o que traz soluções aos problemas.

No caso de light nodes, como o utilizado para a elaboração deste tutorial, se o status apresentado estiver em desacordo com a sincronia demandada pelo Tangle, isso significa que o servidor ao qual a carteira está conectada está com problemas. Assim, você precisará escolher um outro servidor. Para tanto, basta clicar em "Tools" > "Edit Node Configuration" no menu da GUI.
Uma vez que sua wallet esteja bem conectada, e em sincronia, pode-se utilizar a carteira normalmente, logar, fazer transações, consultar saldo e demais informações providas pelo Tangle.
 

A SEED

Sua SEED é seu patromônio. Enquanto você tiver a SEED correta, e a mantiver protegida, suas criptomoedas estarão sempre seguras. E por mais que possam haver dificuldades momentâneas, a SEED correta em mãos é a garantia de que seu patrimônio pode ser acessado desde que sejam utilizados as ferramentas e procedimentos adequados.

Mantenha sempre backups redundantes de sua SEED, em diferentes mídias, protegidos e guardados preferencialmente fora de dispositivos conectados à Internet. NUNCA manipule sua SEED em dispositivos suspeitos, infectados ou que você não controle. E NUNCA utilize geradores de SEED ou sistemas na Internet suspeitos ou que você não confie completamente.

IOTA Android Wallet App:

Criação da SEED secreta





Ao selecionar "GENERATE SEED", a wallet cria para você uma "seed secreta", automaticamente.
Dica: você pode criar sua própria SEED utilizando uma sequência de 81 caracteres aleatórios. Uma espécie de senha.

Se decidir criar sua própria Seed, tenha em mente que se for algo fácil de ser advinhado, não serve!




Apenas os caracteres maiúsculos do alfabeto ("A" - "Z") e o algarismo "9" podem ser utilizados para uma Seed IOTA válida.

Pronto, você acessou sua nova conta. Sua SEED secreta é sua conta. Tenha cuidado com ela!

Salve sua seed em backups e os mantenha em locais seguros, fora de dispositivos conectados à Internet, pois se for perdida, ou revelada a terceiros, você vai perder suas moedas nela depositadas!


Criação de Endereço




Criado o endereço, você pode receber depósitos em sua conta.

Cuidado para não confundir SEED e endereço! São bem parecidos, mas normalmente os Endereços são maiores (tem mais caracteres) que as Seeds.
Lembre-se que cada SEED corresponderá a uma conta diferente. E cada conta poderá ter um número virtualmente infinito de endereços.

Para sua segurança e privacidade, o usual é gerar um endereço novo para cada transação (recebimento) que você for realizar. Endereços podem ser criados à vontade: Sua carteira cuidará da administração de seus endereços e saldo.

Como a SEED é composta de uma combinação de caracteres ("A"-"Z e "9") ela funciona como uma senha secreta que dá acesso à sua conta. Um caractere errado, a mais ou a menos, e você acessará uma conta totalmente diferente.

Você poderá ter várias contas separadas, bastando para isso ter várias Seeds diferentes. Cada conta com seus próprios endereços de recebimento.

Uma SEED sempre gerará os mesmos endereços: dará acesso sempre à mesma conta. Portanto, você poderá acessar sua conta, e movimentar suas iotas a partir de qualquer carteira IOTA online e sincronizada com a rede.

Recebendo pagamentos

Para receber um depósito em sua conta, basta criar um endereço e informar esse endereço à pessoa que vai te enviar o pagamento.

Exemplo: O endereço IOTA para recebimento de doações da IOTAbr.com é WDQBXAXU9KVDHEEMFZOUDHBTOEDWBSQJ9RKDAGARSOZZDQW99CPGFLAVBMIDVPYVSWZPZIBKAPYEEJSJYYKKMJWUTC

Recebido o depósito, deve-se aguardar sua confirmação na rede.











Quando confirmado, seu saldo (Balance) será atualizado: este é o total de iotas disponíveis para seus envios.

Enviando iotas

Enviar iotas é tão simples quanto receber:

Selecione a opção de enviar (seta abaixo à direita):

Basta preencher os respectivos campos:

  • Address é o endereço IOTA para onde você deseja enviar seu pagamento.
  • Amount é a quantidade de iotas a ser enviadas.
  • Message, é opcional: você pode enviar uma mensagem juntamente com seu pagamento.
  • Tag, também é opcional: você pode atribuir uma identificação para facilitar a localização do pagamento.
A wallet também pode ler QR codes e preencher automaticamente esses campos: Basta selecionar essa opção no canto superior direito:

Preenchidos os campos, basta selecionar enviar (seta abaixo à direita):

Feito o envio. Sua wallet vai fazer o PoW, que é um "trabalho" que cada transação IOTA realiza para a rede.

Cada transação IOTA ajuda a confirmar duas transações anteriores.

Após o PoW a transação é transmitida à rede para ser confirmada por transações posteriores.

A rede IOTA se chama Tangle.

Quanto mais transações são realizadas no Tangle, mais rápidas são as confirmações.

Um outro exemplo de campos preenchidos para uma transação, dessa vez enviando 1 Kiota, ao invés de 1 iota (1 Kiota são 1.000 iotas). Bastou selecionar a unidade na opção existente:

Preenchido o formulário, e solicitado o envio, o aplicativo vai pedir sua confirmação:

Se estiver tudo certo, selecione "OK", e o PoW será realizado.

Uma mensagem será exibida na barra de status:

E quando concluído o PoW e a transação for submetida ao Tangle, um novo aviso será emitido. Sucesso! Agora é só aguardar a confirmação!

A lista com o histórico de transações realizadas será exibida no tab "Transfers":

Se você tocar no simbolo "v" em quaisquer das transações dessa lista, poderá ver seu status detalhado:



E se tocar sobre qualquer transação listada no histórico de "Transfers", um menu de opções será exibido:

Replay

Às vezes, quando a atividade na rede está mais baixa, sua transação (de envio ou de recebimento) pode demorar mais do que o normal para receber confirmação. Nessa situação deve-se utilizar o recurso do "Replay bundle".







É aconselhável efetuar o replay de uma transação sempre que se passarem mais que uma ou duas horas mas a transação continua com o status "Pending" (ou seja, ainda não confirmada no Tangle).



O replay refaz o PoW da transação e a submete novamente à rede para aprovação. É como o nome diz: repete-se uma transação ainda não confirmada.










É seguro realizar o replay. Não há o risco de "doublespending" ou de envio à mais da mesma transação por engano.

Sempre que houver dificuldade na confirmação de uma transação, e mais que duas horas se passaram, não tenha dúvidas faça um replay. Tanto para transações que você esteja enviando, quanto para aquelas que você esteja recebendo.


IOTA GUI Wallet (light node ou full node):

Instalação

Java 64bit

Um prerequisito é ter a versão mais atualizada do software Java 64bit instalada em seu computador.

Ao tentar instalar a wallet IOTA em uma máquina que não tenha o Java apropriado, uma mensagem de erro será exibida.


Portanto, o tutorial vai abranger agora a instalação desse programa, disponível em java.com.

Clique no botão de download, e baixe o arquivo, gravando-o em seu computador.

Ao final do download, clique no arquivo baixado, para instalá-lo.

Prossiga normalmente na instalação do Java.

Um detalhe que acho interessante ressaltar, é a necessidade de se prestar atenção nas opções do instalador Java, caso não queira que ele altere desnecessariamente configurações em seu computador.


Instalado o software Java com sucesso, podemos finalmente instalar a GUI wallet IOTA.

Instalando a GUI Wallet

Sugiro, antes de mais nada, reiniciar seu computador.

Reiniciada a máquina, outra sugestão é desablitar seu programa antivirus durante o procedimento de instalação, de modo a não atrapalhar o sucesso da configuração da Wallet IOTA (usuários windows repetidamente reportam não conseguirem a instalação bem sucedida por conta do antivirus bloqueando ou apagando arquivos necessários ao funcionamento da wallet - falso positivos).


Agora, faça o download da versão mais recente da GUI wallet para seu sistema operacional.

Nas Últimas Atualizações dos Softwares, são mantidos links para os programas mais recentes.


Neste caso, a versão apontada está no GitHub.


Selecione a versão apropriada, mais recente, a faça o download.


Instale normamente o arquivo baixado em seu computador.


Pronto! Está instalada a GUI Wallet IOTA!

Utilizando


Primeiramente, como você já deve saber (se estiver acompanhando este tutorial desde o começo), você precisará de uma SEED Secreta.

A lógica do funcionamento da GUI Wallet é o mesmo do funcionamento da Wallet Android. Portanto, sugiro a leitura do tutorial desde o começo para entender todos os detalhes. Daqui pra frente, explicações sobre os detalhes em comum não precisarão ser mais aprofundadas.

Para logar em sua conta IOTA, basta entrar com sua SEED Secreta, e fazer o login.


Light Wallet vs Full Wallet


A GUI Wallet IOTA dá aos usuários a opção de acessar o Tangle sendo uma wallet completa (Full Wallet - que vai contribuir com o fortalecimento da rede) ou então sendo uma wallet leve (Light Wallet - para os casos em que o usuário não tem a possibilidade de utilizar uma full wallet).

A primeira coisa que uma wallet recém instalada vai te perguntar é se você deseja que ela funcione como uma light wallet ou como uma full wallet.

Usando a Light Wallet


Inicialmente, vamos cobrir o uso da wallet leve. Nesse caso, selecione essa opção.

Nesse caso, a wallet solicitará que o usuário escolha um servidor para servir-lhe o acesso ao Tangle.


Caso seja necessária a informação, em Como Usar a Light Wallet, há uma lista de servidores públicos disponibilizados pela comunidade.

Como atertado no início destes tutoriais, uma função importante, para acompanhar a sincronização de sua wallet (no caso da light wallet, para saber se o servidor em que está conectada está sincronizado) é mantendo a barra de status visível. Basta clicar em "Show Status Bar" no menu "View".

A barra de status ficará sempre visível na parte inferior da GUI Wallet.

Para saber se sua wallet está funcional e sincronizada, basta comparar o status com o de outras wallets funcionais conhecidas. ISSO É MUITO IMPORTANTE.

Agora que sua wallet está funcionando, vamos receber depósitos e fazer pagamentos.

Recebendo e enviando transações

Gerando um Endereço

Logue em sua conta (entrando com sua SEED Secreta)

Ao lado do campo SEED, a GUI wallet vai mostrar o checksum da SEED utilizada. Anote e tenha sempre conhecimento desta informação.

Ficará mais fácil saber se sua SEED está correta: toda vez que uma SEED for digitada seu checksum será sempre o mesmo. Um checksum diferente significa que foi digitada uma SEED diferente.

Tendo digitado a SEED correta, Clique em "LOGIN" para acessar sua conta.

Uma conta recém criada mostrará não ter um histórico (history) de transações. E saldo (balance) "0".

Você pode, por exemplo, clicar em "Balance", para selecionar essa seção da GUI Wallet.

Para criar seu primeiro endereço, e assim poder receber depósitos em sua conta, clique em "Receive".

Na seção "Receive" um número quase infinito de endereços pode ser criado, para cada conta.
Clicando sobre o endereço criado, ele é gravado na área de transferência do computador, para poder ser compartilhado com quem for lhe enviar iotas.

O respectivo código QR também poderá ser compartilhado e escaneado (por exemplo, por uma IOTA Android Wallet App).

Para poder criar um novo endereço, clique em "Attach to Tangle", e um PoW será realizado. Seu novo endereço será "anunciado" aos outros nodes sincronizados na rede.

Enviando iotas

Basta preencher os campos com o endereço IOTA do destinatário (Address); a quantidade de iotas a ser enviadas (Amount), podendo-se inclusive selecionar dentre uma das unidades disponíveis (i, Ki, Mi, Gi, etc); e finalmente o usuário tem a opção de adicionar uma "Tag" para ajudar a identificar o depósito.


Agora, é só clicar em "Send it Now", para enviar.

Rebroadcast e Reattach

Além da opção de fazer o Reattach de suas transações, a GUI Wallet IOTA também permite que o usuário faça um simples Rebroadcast:
  • O reboradcast apenas retransmite uma transação para a rede. Esta opção pode ser utilizada a qualquer momento após enviada uma transação ainda não confirmada. Ela apenas "lembra" seus nodes vizinhos de sua transação, reforçando sua retransmissão (quanto mais retransmitida entre os diferentes peers uma transação for, mais rápida será sua confirmação);
  • O reattach deve ser utilizado caso uma transação válida demore muito de receber confirmação. Isso pode acontecer caso haja uma atividade muito pequena no Tangle. Com o Replay, o PoW é refeito e uma nova transação substitui a anterior no Tangle, sem riscos de doublespend.

Alterando o Servidor

Caso precise utilizar um outro servidor para acessar o Tangle com sua Light Walet, basta clicar em "Edit Node Configuration", no menu "Tools".

Usando como Full Node

Para ter mais segurança, e ainda contribuir para o fortalecimento da rede IOTA, basta usar sua GUI Wallet como um node completo.

Em "Switch to Full Node", no menu "Tools" está a configuração necessária.


Para manter um full node IOTA, sugerimos a leitura do tutorial básico existente em Como Rodar um Node IOTA, e assim ter uma idéia da lógica por trás da administração de um node.

Configura seus nodes vizinhos e, se for o caso outros detalhes, como a porta em que deve funcionar.