Breve Tutorial Ilustrado Sobre a Reclaim Tool da IOTA

Este tutorial serve apenas para ilustrar o procedimento simples de reclaim daquelas iotas que, por motivos de atualização da rede, foram movidas para um endereço controlado pela IOTA Foundation, de acordo com o respectivo anúncio oficial dos desenvolvedores, de 09 de novembro de 2017.

O procedimento é realmente simples e relativamente rápido. Eu digo relativamente, porque vai depender da realização de uma PoW (Proof of Work - prova de trabalho) realizada pelo equipamento do usuário (o que poderá ser mais ou menos rápida dependendo da capacidade de processamento do computador utilizado). Mas uma coisa importante a ser ressaltada é a necessidade de se obter a confirmação do procedimento dada ao final pelo Tangle.

Antes de mais nada

Primeiramente, para a realização do procedimento, é necessário que a mais recente versão da GUI wallet IOTA (neste caso, a v.2.5.4) esteja instalada, pois é esta versão específica que traz essa ferramenta de reclaim.
Bom, antes de fazer qualquer procedimento, é sempre importante controlar o estado em que se encontra seu node, e um dos principais indicadores no Tangle é saber se está sincronizado com o restante da rede. Portanto, convém comparar o status indicado no canto inferior esquerdo da GUI com aqueles atualizados constantemente no canal #botbox do slack IOTA, ou então comparar com um outro node que se saiba estar em sincronia.

No caso de light nodes, como o utilizado para a elaboração deste tutorial, se o status apresentado estiver em desacordo com a sincronia demandada pelo Tangle, isso significa que o servidor ao qual a carteira está conectada está com problemas. Assim, você precisará escolher um outro servidor. Para tanto, basta clicar em "Tools" > "Edit Node Configuration" no menu da GUI.
Uma vez que sua wallet esteja bem conectada, e em sincronia, pode-se utilizar a carteira normalmente, logar, fazer transações, consultar saldo e demais informações providas pelo Tangle.

Reclaiming

No menu de sua wallet GUI, acesse "Tools" > "Reclaim tool" para iniciar o procedimento.
Uma caixa de diálogo vai abrir. É importante que você leia a mensagem explicativa que ela traz, que esclarece ao usuário quanto ao procedimento sendo iniciado.

Nessa caixa de diálogo, digite em "Old seed" a SEED original (antiga), que é a SEED em que suas iotas estavam depositadas antes da transição da rede.

Em "New seed", digite uma nova SEED gerada de maneira SEGURA.
PRESTE MUITA ATENÇÃO nesta fase, pois digitar a SEED com erros certamente significará a perda de suas criptomoedas!!! TENHA FOCO!

Clique em "CONTINUE".

Sua wallet iniciará o PoW. É fácil verificar que o seu processador estará atuando com mais intensidade durante esse trabalho.
Aguarde a conclusão do PoW. O tempo para realização desse trabalho dependerá única e exclusivamente da potência do equipamento de computador utilizado.

Uma vez concluído o PoW, uma mensagem será exigida, e uma nova caixa de diálogo informará que sua prova de transação está pendente, e ainda informará o hash dessa transação. Clicar sobre o hash permite copiá-lo para a área de transferência, de modo que se possa salvá-lo para o caso de futuramente se precisar consultar sobre a transação em algum Tangle Explorer.
Aguarde alguns instantes, e assim que o Tangle confirmar sua transação de reclaim, a mensagem na caixa de diálogo passará de "Proof transaction is pending" para "Proof transaction confirmed". Normalmente isso leva poucos minutos (às vezes segundos) quando seu node está bem conectado.

Caso demore muito para vir essa confirmação, basta clicar em "REATTACH" para que sua transação seja novamente enviada ao Tangle (um novo PoW será feito). Caso entenda necessário (havendo suspeita de que há problemas com o servidor ao qual sua light wallet está ligada), é mesmo possível fechar a caixa de diálogo, mudar o servidor e fazer o reattach, a partir de novo servidor.

Pode-se também, em caso de eventuais dificuldades, repetir todo o procedimento, mesmo a partir de outra máquina ou wallet. O importante é que seu procedimento conclua com a mensagem indicando sua CONFIRMAÇÃO.
Obtida a confirmação, agora continue o procedimento, clicando em "SUBMIT SEED" para fazer o "REVEAL" automático. No final, será informado o endereço que receberá o saldo que houver na seed antiga.
Basta então aguardar o processamento de seu pedido por um dos developers responsáveis, , para que suas iotas estejam disponíveis em sua noda SEED criada neste procedimento.

Aí você pergunta...

Por que minhas iotas somente estarão disponíveis após o snapshot?

Em resumo, é porque todo esse procedimento acima apenas cria e envia uma mensagem criptografada, através do Tangle (contendo sua SEED antiga, bem como o primeiro endereço a ser gerado por sua nova SEED) para que os desenvolvedores processem manualmente o reclaim, caso a caso.

Finalmente

Nunca é demais lembrar que sua SEED é seu patromônio. Enquanto você tiver a SEED correta, e a mantiver protegida, suas criptomoedas estarão sempre seguras. E por mais que possam haver dificuldades momentâneas, a SEED correta em mãos é a garantia de que seu patrimônio pode ser acessado desde que sejam utilizados as ferramentas e procedimentos adequados.

Mantenha sempre backups redundantes de sua SEED, protegidos e guardados preferencialmente fora de dispositivos conectados à Internet. NUNCA manipule sua SEED em dispositivos suspeitos, infectados ou que você não controle. E NUNCA utilize geradores de SEEDs ou sistemas na Internet suspeitos ou que você não confie completamente.

Sucesso!